PRINCÍPIO DO CONTRADITÓRIO

COVID-19 | Dia 27 – A beleza da simplicidade

Perante situações e fenómenos complexos, tendo a preferir soluções simples, claras, em vez de formulações complicadas e confusas. A simplicidade (não confundir com simplismo) transforma o que era difícil de conceber ou apreender em algo que, graças à elegância da formulação, todos se sentem capazes de compreender.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir

Para além da sua enorme importância para o avanço dos conhecimentos da Humanidade sobre o mundo imenso que nos rodeia, a mais famosa fórmula de Einstein (e=mc2) destaca-se pela sua simplicidade e elegância, como muitos físicos e matemáticos já sublinharam. A captação da enorme complexidade do real e o avanço para campos completamente impensados acerca da relação entre massa e energia até então foi conseguida numa fórmula de uma simplicidade incrível. O mundo complexo da física contido no que se tornou uma espécie de forma pop(ular) acessível a todos, com um enorme potencial explicativo, mesmo que não necessariamente compreendida em todas as suas implicações.

Perante situações e fenómenos complexos, tendo a preferir soluções simples, claras, em vez de formulações complicadas e confusas. A simplicidade (não confundir com simplismo) transforma o que era difícil de conceber ou apreender em algo que, graças à elegância da formulação, todos se sentem capazes de compreender.

É o mesmo com esta coisa do “ensino à distância”. Perante um problema complexo, perante os obstáculos a ultrapassar, perante todas as variáveis envolvidas, devemos procurar as soluções mais simples e com maior potencial para enfrentar as dificuldades e encontrarmos uma solução clara, fácil de operacionalizar. Mas isso nem sempre está a acontecer. Porque há quem tenha perdido a capacidade de simplificar e porque há quem goste de complicar, para que tudo pareça difícil como só com muito esforço se demonstre o valor.


 

Paulo GuinoteProfessor do Ensino Básico, doutorado em História da Educação. Autor do blogue O Meu Quintal
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.