PESO-PLUMA

To be, or not to be

Está no seu primeiro ano de carreira e vê-se a fazer isto a vida toda; vive bem com esse futuro. Tem tempo para ler e pagam-lhe para ensinar. Inglês. De tal maneira que anda a pensar em tirar um doutoramento em Didáctica Específica. De Inglês.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir

Um dia leu no Hamlet do Shakespeare o “To be, or not to be” e aquilo mexeu com ela. Ainda hoje recita de cor, demasiadas vezes, os primeiros versos. Leu tudo do bardo cedo de mais, com apenas quinze ou dezasseis anos. Inglês. Professora de Inglês. Foi o que escolheu ser. E teve uma específica desastrosa em que tirou um quatro, de zero a vinte. A Inglês, pasme-se. Pôs tudo em causa. Hesitou entre Inglês e História. Pediu revisão de prova e subiram-lha para nove e meio. Um malogro. “To be, or not to be”? Mas manteve a determinação de entrar em Inglês e entrou em Inglês. Foi um grande dia. A mãe chorou.

Passou a estudar apenas aquilo que preferiu. Muito Shakespeare, mas muitos outros também. Poligamia literária. Começou a ter excelentes notas. E nada o faria prever. Nunca tinha chumbado, mas também nunca teve notas por aí além. Agora sim. Boas notas. Bons tempos. Adorou o curso. De Inglês. Estudou que se fartou. Inglês. Quando acabou a faculdade – Summa cum laude – meteu-se a dar aulas. De Inglês. Concorreu e entrou.

E aqui está ela, longe de casa, mas a fazer o que sempre quis. É professora de Inglês. A literatura é a sua paixão, mas agora que começou a ensiná-la aos miúdos do secundário percebe o encanto da coisa. Está no seu primeiro ano de carreira e vê-se a fazer isto a vida toda; vive bem com esse futuro. "That is the question". Tem tempo para ler e pagam-lhe para ensinar. Inglês. De tal maneira que anda a pensar em tirar um doutoramento em Didáctica Específica. De Inglês.

Preparava ela uma aula sobre prosódia – coisa que adora – quando recebeu um mail do pedagógico a lembrar que o calendário das visitas de estudo já foi aprovado. A si cabe-lhe acompanhar duas: Politécnico de Viseu, em Fevereiro e Serralves em Março. Antes disso, tem uma sessão sobre empreendedorismo. Há uma outra sobre cyberbullying e e-privacidade também em finais do mês. A campanha para apanhar plástico nas praias vai obrigar à interrupção de um dia lectivo, no âmbito do projecto escolar para a cidadania. Também vai haver a feira cultural na última semana do segundo período, que obrigará à interrupção das aulas e acompanhamento dos alunos às actividades e exposições. Uma técnica de língua gestual portuguesa virá à escola e pede-se a comparência dos alunos, mas é só em Maio. (O Parlamento dos Jovens vai obrigar a que o Artur, a Laura e o Tereso não possam apresentar os posters à turma). A sessão sobre literacia financeira vai ser a 4 de Abril. E em Abril também vamos ter o Mundo Aqui Dentro, o projecto etwinning de inclusão digital. Vai haver Corta-mato em Fevereiro para toda a escola com participação dos professores. (O projecto Erasmus vai com a minha turma à Suécia, só voltam na segunda semana de Março; depois é a vez de receberem os suecos, duas semanas depois. E tenho um PIT para fazer ao Vinicius, se ele voltar à escola). A sessão sobre voluntariado será em Fevereiro, antes do Carnaval. (O selo da Escola Saudável vai ser inaugurado pela minha direcção de turma. Tenho de mandar doze poemas dos alunos para o Jornal Escolar, até 15 de Março). A Secretária de Estado vem cá no dia do PediPaper da Escola Acessível, em Maio.


A nossa jovem professora está preocupada com uma aluna que anda especialmente abatida, nas últimas semanas. Uma miúda que era tão alegre, de repente…

 
*Por decisão do autor, o presente texto não segue o novo Acordo Ortográfico.
Rui CorreiaProfessor de História vencedor do prémio Global Teacher Prize Portugal 2019. Conferencista, editor e autor de numerosos estudos de história, património e didática da História, desempenhou funções de vice-presidente do Conselho Executivo da Escola Básica Integrada de Santo Onofre, External Expert em educação para a Comissão Europeia e Vereador da Câmara Municipal das Caldas da Rainha. É pai de 2 filhos.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.