Duas escolas portuguesas recomendadas por grupo europeu

A Escola da Ponte e a Escola Secundária de Monserrate fazem parte de uma lista de 10 estabelecimentos de ensino europeus recomendados no "Guia de Experiências Inovadoras".
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir

Um grupo europeu de investigadores vai recomendar a Escola da Ponte, de Vila das Aves, e a Escola Secundária de Monserrate, de Viana do Castelo, como bons exemplos de combate ao insucesso e abandono escolares, confirmou hoje à Lusafonte universitária.

As duas escolas portuguesas integram a lista de 10 estabelecimentos de ensino europeus selecionados para o "Guia de Experiências Inovadoras", que será lançado a 18 de junho, em Barcelona.

Paula Guimarães, investigadora da Unidade de Educação de Adultos da Universidade do Minho, que integra o referido grupo europeu, adiantou à Lusa que a Escola da Ponte tem "níveis baixos de insucesso e abandono escolares", pelo que constitui "um bom exemplo nesta área". O método de aprendizagem adotado pela Escola da Ponte, onde são os estudantes, com a ajuda dos professores, que decidem o que vão aprender em cada dia, impede que os alunos abandonem a escola, afirma Paula Guimarães.

Apesar de não ter a autonomia de que dispõe a Escola da Ponte, também o Centro de Autoaprendizagem Assistida da Escola Secundária de Monserrate foi escolhido como um caso inovador de combate ao insucesso e abandono escolares.

Segundo a investigadora, este centro, criado por iniciativa de professores da escola, está vocacionado especialmente para o ensino recorrente, constituindo um bom exemplo de educação de adultos.

Paula Guimarães afirmou que o "Guia de Experiências Inovadoras" vai resultar do trabalho que está a ser desenvolvido desde 2005 pelos participantes no projeto "Youtrain - Novos desafios da formação de jovens na sociedade de conhecimento", que envolve centros de investigação de Espanha, Portugal, Reino Unido, Roménia e Áustria.

Depois de analisar os diferentes modelos de educação obrigatória e pós-obrigatória na Europa, os investigadores estão a identificar fatores que originam o insucesso e abandono escolares.

    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.