COVID-19: Sindicato volta a reclamar prioridade na vacinação de professores

A Associação Sindical dos Professores Licenciados (ASPL) voltou hoje a pedir ao Governo para priorizar a vacinação dos professores e educadores de infância contra a COVID-19, defendendo que devem ser considerados profissionais de risco.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir

"Considerando o plano de vacinação que se encontra a decorrer, a ASPL voltou a apelar ao Ministério da Educação que, em articulação com o Ministério da Saúde, trabalhe no sentido de priorizar a vacinação dos professores e dos educadores, que devem ser considerados profissionais de risco", refere em comunicado o sindicato, que hoje reuniu-se com a tutela para um balanço do primeiro período letivo.

Segundo a ASPL, os professores e educadores de infância "estão particularmente expostos", sendo "impossível cumprir as regras de distanciamento físico impostas pela DGS [Direção-Geral da Saúde] na esmagadora maioria das escolas, designadamente nas salas de aula".

No comunicado, a associação sindical lamenta "a falta de abertura ao diálogo e à negociação" por parte do Ministério da Educação para a resolução de "muitos problemas", como a falta de professores e de informação sobre a progressão de carreiras e o regime de saúde e segurança nas escolas.

A pandemia da COVID-19 provocou pelo menos 1 884 187 mortos resultantes de mais de 87,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência noticiosa francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7472 pessoas dos 456 533 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da DGS.

A campanha de vacinação contra a COVID-19 iniciou-se no país em 27 de dezembro com a inoculação de profissionais de saúde dos hospitais. Na segunda-feira foi alargada a lares de idosos.

A COVID-19 é uma doença respiratória causada por um novo coronavírus (tipo de vírus) detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.