O concurso que procura jovens talentos nas áreas científicas

Inscrições para a 27.ª edição do Concurso Jovens Cientistas estão abertas até 23 de abril. Os 100 melhores projetos irão participar na 13.ª Mostra Nacional de Ciência de 30 de maio a 1 de junho, na Alfândega do Porto.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
O Concurso Jovens Cientistas tem como objetivo promover os ideais da cooperação entre jovens cientistas e estimular o aparecimento de talentos nas áreas da ciência, tecnologia, investigação, inovação e empreendedorismo. A próxima edição, a 27.ª, está em curso. As inscrições estão abertas até 23 de abril e o processo é tratado por via eletrónica. O concurso está aberto à participação de alunos do Ensino Básico, Secundário ou que frequentem o primeiro ano do Ensino Superior, em Portugal, com idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos. São admitidos projetos individuais ou realizados em grupo com o máximo de três elementos.

É uma oportunidade para todos os jovens que, em ambiente escolar, desenvolvem projetos de investigação. O concurso, de âmbito nacional, pretende precisamente promover a realização de projetos científicos inovadores nas escolas, incentivar o empreendedorismo qualificado e também favorecer o aproveitamento económico do conhecimento científico e tecnológico. Os projetos devem enquadrar-se nas seguintes áreas de estudo: Biologia, Ciências da Terra, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas, Ciências Sociais, Economia, Engenharias, Física, Informática/Ciências da Computação, Matemática, Química e Bioeconomia. Cada escola pode submeter até um máximo de seis trabalhos que devem ser escritos em português – os escolhidos a participar na final europeia têm, até ao início de junho, de entregar o projeto traduzido para inglês.  

Os 100 melhores projetos vão participar na 13.ª Mostra Nacional de Ciência que acontece de 30 de maio a 1 de junho no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. A lista dos trabalhos selecionados será publicada no website do concurso, promovido pela Fundação da Juventude, durante o mês de maio depois da avaliação do júri que integrará professores e investigadores de reconhecido mérito das áreas científicas da iniciativa, além de representantes da entidade organizadora, da Ciência Viva e da Agência Portuguesa do Ambiente.

O júri fará uma avaliação documental de todos os trabalhos para analisar a estrutura e apresentação, o conteúdo científico, a qualidade da experimentação e a inovação. E uma avaliação presencial dos trabalhos selecionados para a mostra nacional, de acordo com apresentação, clareza, rigor científico, originalidade e criatividade. Os prémios são atribuídos por unanimidade, não há recurso da decisão.

Este ano, há mais prémios e mais oportunidades de participar em certames internacionais, das mais variadas áreas de estudo, para os melhores projetos. Os 10 prémios a atribuir variam entre os 1250 euros e os 400 euros. Há ainda o Prémio Especial Lipor de 500 euros para o melhor trabalho realizado na área científica com maior número de projetos. E o Prémio Porto Editora de 300 euros em edições e publicações. O concurso prevê ainda a atribuição do Prémio Especial Professor(a) Coordenador(a) dos primeiros prémios no valor de 400 euros cada, para distinguir o empenho e a dedicação no acompanhamento do projeto, de forma a valorizar a experimentação e a investigação aplicada em processos educativos. Nesta edição, a Porto Editora oferece Dicionários Editora da Língua Portuguesa aos premiados.

O Concurso Jovens Cientistas é desenvolvido pela Fundação da Juventude, em parceria com a Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Cientifica e Tecnológica. A Ciência Viva, co-organizadora desta iniciativa, reunirá um vasto quadro de professores e investigadores de reconhecido mérito nas diferentes áreas científicas, que serão responsáveis por eleger os 100 melhores projetos. A 27ª edição está integrada no Projeto Gera Talentos, financiado pelo Compete, um programa de apoio ao empreendedorismo qualificado e criativo, promovido pela Fundação da Juventude, que visa fomentar, reconhecer, distinguir e premiar a inovação, a criatividade e o talento dos jovens cientistas e empreendedores. O concurso conta ainda com as parcerias da Fundação Calouste Gulbenkian, Astrazeneca, Porto Editora, Bial, Lipor, Intel.

Informações:  
http://www.fjuventude.pt/pt/destaques/1538/27-concurso-para-jovens-cientistas.aspx
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.