Ministro da Educação garante que estará presente no próximo Conselho de Ministros

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, garantiu hoje que estará presente na próxima reunião do Conselho de Ministros e remeteu qualquer decisão sobre a composição do Governo para o primeiro-ministro.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
"Estarei presente no próximo Conselho de Ministros. É muito curioso, os senhores jornalistas, todos os portugueses, têm um potencial primeiro-ministro em vós. Mas, primeiro-ministro existe um, é ele que toma as decisões relativamente à composição do Governo e é com ele que eu trabalho", afirmou, depois de questionado se estaria presente na próxima reunião do executivo de António Costa.

Tiago Brandão Rodrigues falava aos jornalistas em Braga, à margem da cerimónia de atribuição do doutoramento ‘honoris causa’ pela Universidade do Minho ao ex-ministro da Justiça Laborinho Lúcio e a frei Bento Domingues.

Nos últimos dias, vários órgãos de comunicação social têm noticiado que o primeiro-ministro irá brevemente fazer alterações no Governo devido à constituição da lista de candidatos ao Parlamento Europeu.

Entre os nomes que poderão sair do Governo têm sido referidos o do ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, e da ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques. O atual secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, poderá assumir o cargo de ministro, com responsabilidades na área da habitação.

Na quinta-feira, no final da reunião do Conselho de Ministros, o secretário de Estado da Presidência, Tiago Antunes, já tinha remetido o tema de uma eventual remodelação do executivo socialista para o primeiro-ministro, uma vez que é o único com poderes para decidir e esclarecer tal questão.

"Quanto à curiosidade jornalística, eu percebo-a, naturalmente. Sobre remodelações ou não remodelações, há uma única pessoa que pode falar sobre o assunto, manifestamente não sou eu", disse.

Também na conferência de imprensa realizada no final da reunião do executivo, o ministro do Ambiente e Transição Energética, Matos Fernandes, assegurou que o tema de uma eventual remodelação governamental não tinha sido tratado.

"Esse assunto é um assunto que não foi discutido em Conselho de Ministros e falar em últimos atos no dia dos namorados não me parece grande ideia", gracejou, quando questionado sobre se os diplomas apresentados nesse dia seriam os seus últimos ainda com a tutela da habitação, pasta que, conforme tem sido noticiado, poderá transitar para outro Ministério.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.