‘Os Verdes’ defendem negociações do Governo com os professores em breve

O Partido Ecologista ‘Os Verdes’ (PEV) reuniu-se ontem com uma delegação de sindicatos de professores e defendeu a contagem de todo o tempo de serviço, exigindo que as negociações com o Governo sejam retomadas em breve.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
“A situação dos professores não pode ficar assim eternamente. A contagem do tempo de serviço é para ser feita e o Governo e as organizações dos professores têm de acordar a forma e o tempo para a recuperação de todo o tempo de serviço”, disse à agência Lusa Dulce Arrojado, do PEV.

A dirigente lembrou que o PEV já transmitiu ao primeiro-ministro, o socialista António Costa, durante o primeiro debate quinzenal deste ano, que as negociações entre as partes têm que avançar.

“Esta situação preocupa ‘Os Verdes’ e o Governo tem que iniciar em breve as negociações, mas mesmo muito em breve”, salientou, lembrando que se está a entrar numa fase decisiva para os alunos, com o aproximar do final do ano letivo.

Sobre possíveis formas de luta, Dulce Arrojado referiu que os sindicatos dos professores não transmitiram nenhuma em concreto durante a reunião, mas deixaram em aberto a possibilidade de avançarem com qualquer ação que seja da concordância dos professores, se a situação não se alterar.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou no final de 2018 a solução imposta unilateralmente pelo Governo de contar cerca de três anos dos mais de nove exigidos pelos sindicatos, devolvendo o diploma ao Governo, com base na argumentação de que o Orçamento do Estado para 2019 obrigava a retomar as negociações com os professores.

O executivo não retomou ainda essas negociações e, no final de janeiro, o primeiro-ministro, António Costa, considerou que “só vale a pena negociar” com os professores quando houver “alguma coisa nova a propor”, salientando que o Governo não se senta à mesa com os sindicatos “só para entreter”.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.