Marcelo aguarda diploma sobre contagem de tempo de serviço dos professores

O Presidente da República disse hoje, em Alcanena, que não recebeu ainda o diploma sobre a contagem de tempo de serviço dos professores, considerando ser "prematuro" fazer quaisquer declarações sobre o assunto.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas no final de “A Maior Lição do Mundo”, que se realizou hoje com alunos do Agrupamento de Escolas de Alcanena, no distrito de Santarém, e que teve por tema os Direitos Humanos, numa iniciativa da delegação portuguesa da Organização das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, e do Ministério da Educação.

O Presidente afirmou que recebeu os sindicatos dos professores na segunda-feira, como “tinha prometido”, e que fez “várias perguntas” que lhe foram respondidas, considerando “prematuro” fazer qualquer declaração sobre o diploma de contagem do tempo de serviço dos professores, porque ainda não o tem na sua posse.

Marcelo Rebelo de Sousa realçou a “grande lição” a que assistiu hoje na escola de Alcanena, demonstrativa da importância de “uma comunidade escolar que é feita de realidades diferentes, mas complementares”.

O Presidente realçou o envolvimento da comunidade – pais, autarquia, professores, funcionários, alunos e alunas - e a integração em agrupamento de escolas entre si diferentes, bem como o diálogo com outras escolas, como aconteceu na sessão de hoje, que contou com a presença de uma escola multicultural de Aveiro.

“Isto realmente abre o caminho à excelência”, declarou.

Marcelo Rebelo de Sousa foi o “convidado especial” de uma aula “conduzida” pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, com os alunos dos vários ciclos de escolaridade – do pré-escolar ao secundário – a apresentarem o resultado do trabalho realizado sobre o tema dos Direitos Humanos.

A comitiva foi recebida com uma ‘flash mob’ realizada pelos alunos no pátio principal da escola sede do agrupamento, com o Presidente a ser ovacionado e requisitado para dezenas de ‘selfies’.

Antes, Marcelo Rebelo de Sousa ouviu dois alunos explicarem como estão a trabalhar nas suas turmas o “Antropoceno”, tema escolhido pelo Agrupamento no âmbito da flexibilização curricular e que está a ser desenvolvido em colaboração com várias entidades.

“A Maior Lição do Mundo”, promovida anualmente pela UNICEF um pouco por todo o Mundo, tem este ano por tema “a importância de uma educação de qualidade”, tendo o Agrupamento de Escolas de Alcanena sido escolhido para acolher a iniciativa nacional, que foi transmitida em direto para outras escolas do país.

A aula foi associada às comemorações dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e dos 40 anos da Adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos.

    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários. Dê-nos a sua opinião!
 
Para salvaguardar o bom funcionamento deste espaço, todos os comentários são sujeitos a um processo de filtragem e validação editorial, pelo que só serão aceites participações sem linguagem obscena, difamatória, ameaçadora ou caluniosa.

O EDUCARE.PT reserva-se o direito de não validar todos os comentários que não se enquadrem nestes pressupostos e que não se relacionem, única e exclusivamente, com a atualidade educativa.
Recordamos ainda que todas as mensagens são da exclusiva responsabilidade dos participantes, nomeadamente, no que respeita à veracidade dos dados e das informações transmitidas.