26 mil metros quadrados de educação e emprego

Valerá a pena apostar na formação e procurar emprego em tempos de crise? A Qualific@ garante que sim e vai revelar quais as profissões com mais saídas e que a criatividade compensa. De 26 a 29 de abril na Exponor, em Matosinhos.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Os preparativos começaram. A Qualific@ 2012 - Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego instala-se na Exponor, em Matosinhos, de 26 a 29 de abril, para mostrar o que existe em termos de oferta no mercado. Várias entidades já confirmaram a sua presença. E como se organiza uma feira de emprego e educação numa altura em que o desemprego jovem atinge os 35%? Amélia Monteiro, diretora da Qualific@, recorre à grafia chinesa. "Atravessamos um momento de grandes dificuldades, a palavra crise é a palavra mais citada na comunicação social. Em chinês é escrita com dois ideogramas: um que simboliza perigo e outro que representa oportunidade", refere ao EDUCARE.PT. "Mais que uma simples simbologia, essa forma de ver as ameaças tem levado os jovens a acreditarem no seu potencial e a investirem na sua formação, bem como a agarrarem as oportunidades que surgem com grande entusiasmo", acrescenta. O facto de Portugal ter a terceira maior taxa europeia de desemprego jovem, a seguir à Grécia e Espanha, não passa ao lado da organização da feira. Bem pelo contrário. A aposta na oferta educativa, formativa e de emprego foi reforçada e o próprio formato sofreu reajustes. Nesse sentido, novas áreas destinadas ao emprego aparecerão no recinto e as visitas dos estudantes passarão a ter acompanhamento por parte de equipas especializadas, com psicólogos no terreno, para dar orientação vocacional aos jovens mais indecisos quanto ao futuro profissional. "Num só local, conseguimos reunir os diversos interlocutores, aproximando as entidades responsáveis pela educação, formação e emprego ao seu público-alvo. Este espaço destina-se aos jovens, mas também a todas as pessoas que se querem requalificar, que procuram novas oportunidades ou que querem reorientar o seu projeto de vida", explica a responsável.
Como procurar um emprego em tempos de crise, quais são as profissões de futuro, como iniciar um negócio, o que fazer com um franchising nas mãos. Estes são alguns dos temas que a feira vai abordar. Hoje em dia ter um curso na mão não significa ter um emprego logo que se conclua os estudos universitários. "Sabemos que hoje um curso não é sinónimo de emprego, mas não tenho dúvidas de que investir na formação e na educação continua a ser a chave para o sucesso. Os jovens têm consciência de que é complicada a sua integração no mercado de trabalho, mas sem formação não conseguem de todo, o que leva a que cada vez mais jovens valorizem o saber e apostem no conhecimento como principal fator distintivo e de criação de valor", refere a diretora da feira.

Não será por acaso que a palavra escolhida para este ano é precisamente acredita. "Este ano, o nosso estandarte é de facto a palavra acredita, em ti, no teu potencial, no teu futuro, na tua vocação. O português sempre foi um povo lutador de fortes convicções e capaz de ultrapassar os obstáculos e adversidades." O passado confirma que assim é. "Com os Descobrimentos, os portugueses ultrapassaram o mito da invencibilidade do mar. Hoje os desafios que se apresentam aos jovens são diferentes, mas exigem a mesma coragem e garra do passado em busca do seu sonho."

"Criatividade na Educação" é o congresso que está na agenda para professores, investigadores, educadores, técnicos de educação especial, psicopedagogos, pais, encarregados de educação, alunos de mestrado e doutoramento em educação e todos os interessados no assunto. A iniciativa parte da Clínica da Educação e pretende, acima de tudo, apelar para a imaginação para descobrir talentos profissionais, usando-os na resolução de problemas e na adaptação a novas circunstâncias e situações.

A Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) também participará no evento e estará responsável por várias conferências que falarão sobre as profissões com mais saída, formas de procurar emprego em Portugal e na Europa. Truques e dicas para a preparação de entrevistas de emprego também farão parte do programa. E uma das novidades deste ano é a feira surgir associada à Newcomers Week - Semana da Juventude, projeto concebido a pensar na juventude e que revolucionará o espaço organizativo da Qualific@ - que ocupará o dobro do espaço, ou seja, 26 mil metros quadrados, dos pavilhões 1 ao 5. Uma mistura de mais-valias e valores que juntará marcas prestigiadas e jovens em várias iniciativas. Amélia Monteiro refere que "está provado que os jovens que têm uma ocupação extracurricular capaz de os preencher tornam-se pessoas melhores, mais focadas, conseguindo desenvolver competências para vencerem profissionalmente".

A Agência Nacional para a Qualificação, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, a Direção-Geral da Educação e a Secretaria de Estado da Juventude e Desporto já confirmaram as suas presenças. A Qualific@ contará ainda com escolas, nacionais e estrangeiras, que farão demonstrações para cativar alunos. Além disso, várias empresas terão oportunidade de mostrar produtos, equipamentos, serviços e novidades. A feira estará aberta nos dias 26 e 27 das 10h00 às 18h00 e a 28 e 29 entre as 10h00 e as 19h00.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários seja o primeiro!