Mais de cem mil alunos fazem provas de aferição na próxima semana

Mais de cem mil alunos do 4.º ano do Ensino Básico realizam na próxima semana, em 5103 escolas, provas de aferição a Língua Portuguesa e a Matemática, que, pela última vez, não contam para nota.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
No próximo ano letivo, estas provas já vão ter a designação de "prova final" e contar 25% para a nota final do aluno, ponderação que subirá para 30% nos anos seguintes, à semelhança dos exames.

Esta foi uma das alterações introduzidas pelo ministro Nuno Crato no sistema de exames em Portugal, que chegou a considerar inexistente enquanto observador das políticas educativas.

Em consequência dessa alteração, os alunos do 6.º ano já não realizam este ano, no mesmo dia, as provas de aferição. Vão fazer provas finais às mesmas disciplinas em junho e a contar para nota (25% este ano e 30% nos seguintes).

A prova de Língua Portuguesa realiza-se na quarta-feira, às 10:00, e a de Matemática na sexta-feira, à mesma hora.

As provas nacionais de aferição visam recolher informação relevante sobre os desempenhos dos alunos nas áreas de Matemática e Língua Portuguesa.

No que diz respeito aos resultados do ano passado a Matemática, os alunos do 4.º ano revelaram maiores dificuldades na exposição de ideias e resolução de problemas. No "item" da comunicação matemática, em "números e cálculo", apenas 19% teve a resposta totalmente correta.

Os resultados globais das provas foram considerados estáveis, face a 2010, apesar de a média nacional ter descido de 71% para 68%.

Realizaram estas provas 107 271 alunos, segundo o relatório divulgado pelo Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) aquando da publicação dos resultados.

Os resultados das provas de Português baixaram um ponto em relação ao ano anterior (para 69%), embora com mais alunos a atingirem as classificações de "Bom" e "Muito Bom". Realizaram esta prova 103 440 alunos, de acordo com a mesma fonte.

Dados pedidos pela agência Lusa ao Ministério da Educação esta semana dizem que foram feitas 110 277 provas de Língua Portuguesa e 110 273 de Matemática.

No ano passado, a estreia de milhares de alunos no primeiro "exame" da sua vida escolar ficou marcada por uma greve geral da função pública, em dia de prova de Língua Portuguesa.

A então ministra da Educação, Isabel Alçada, garantiu que os alunos impedidos de realizar a prova por causa da greve teriam oportunidade de a fazer noutro dia, mas sem que os resultados contassem para os estudos e estatísticas.

Segundo a tutela de então, apenas 270 alunos foram afetados pela paralisação.

O calendário de provas e exames de 2012 foi oficialmente publicado em 10 de fevereiro.
    • a
    • a
  • comunidade
  • comentar
  • imprimir
Comentários
Inicie sessão ou registe-se gratuitamente para assinar os comentários
  • submeter
  • cancelar
  • visualizar
Não existem comentários seja o primeiro!